13

anos de
atendimento



Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade e Comorbidade: depressão.

Publicado em 13/04/2016



Hoje vamos falar sobre mais uma comorbidade que acompanha o Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade , a depressão.  um assunto muito delicado, já que esta comorbidade pode mascarar  o diagnóstico de TDAH, prejudicando em muito o tratamento.
 
É bastante freqüente o TDAH vir acompanhado de depressão, pela incapacidade da pessoa viver "adequadamente".
Sua auto-estima geralmente é muito baixa em função de críticas, repreensões, castigos, piadas e comentários negativos com relação ao seu comportamento desde a infância. Há também uma auto-depreciação em função da dificuldade que tem em organizar-se, prestar atenção, iniciar e terminar suas tarefas, dos erros que acontecem pela falta de atenção e impulsividade, das gafes que comete...
Tudo isso pode levar ao cansaço extremo, à exaustão, a ponto da pessoa querer desistir, achando que a "batalha" é grande demais para ela.
Muitos profissionais iniciam o tratamento do TDAH, sem a devida atenção aos sintomas depressivos, o que pode ser um risco, pois a medicação psicostimulante (metilfenidato e lisdexanfetamina) estão contra indicadas em casos de ideação suicida. O indicado é tratar a depressão e após, iniciar  o tratamento para TDAH.

Como você pode ver, o sofrimento é algo muito sério e deve ser pesquisado.  Pode sim, ser apenas uma tristeza ou um desanimo passageiro, mas também pode ser algo muito mais sério e necessitar de cuidados especiais. Confie em profissionais habilitados a diagnosticar e tratar seus problemas.  Não use medicamentos que outras pessoas usaram para resolver uma depressão, marque uma consulta agora mesmo pelos telefones (27) 3025-2219 / 99985-2219


Compartilhe:

 




Visitas: 2710

Entre em contato

Site seguro

https://fernandamappa.com.br/ https://fernandamappa.com.br/

Localização